sexta-feira, 26 de abril de 2013

TÁCITO

.

TÁCITO
Rara felicidade deste tempo onde é permitido pensar o que se quer e dizer o que se pensa. (Tácito)



Tácito (Publius Cornelius Tacitus, (55-120), historiador romano, escritor, orador, cônsul romano (ano 97) e procônsul da Ásia romana (110-113), falando do incêndio de Roma que aconteceu no ano 64, apresenta uma notícia sobre Jesus, embora curta:


“Um boato acabrunhador atribuía a Nero a ordem de pôr fogo na cidade. Então, para cortar o mal pela raiz, Nero imaginou culpados e entregou às torturas mais horríveis esses homens detestados pelas suas façanhas, que o povo apelidava de cristãos.


Este nome vêm-lhes de Cristo, que, sob o reinado de Tibério, foi condenado ao suplício pelo procurador Pôncio Pilatos. Esta seita perniciosa, reprimida a princípio, expandiu-se de novo, não somente na Judéia, onde tinha a sua origem, mas na própria cidade de Roma” (Anais, XV, 44). Passagem considerada autêntica pelos apologistas cristãos.

Até Nero, o estado romano fazia pouca distinção entre judeus e cristãos. Quando, segundo Tácito, ele tenta culpar os cristãos pelo incêndio de Roma, inicia uma política específica quanto aos cristãos, que até então não existia. 


O problema com os cristãos era que se recusavam a aceitar a religião cívica de adoração ao genius do imperador. Excepcionalmente, os judeus estavam livres desta história, por seu monoteísmo ancestral. E porque não tentavam converter outros (não é assim moleza entrar para o povo escolhido).


Os cristãos eram mal vistos por se recusarem a praticar a religião cívica e por professarem contra esta. Daí a serem acusados de práticas condenáveis era um passo. Mas até Nero o que havia era uma certa desconfiança não uma política explícita de perseguição.

Por fim, o comentário de Tácito é pouco expressivo; contudo confirma a existência de Cristãos, que derivaram o seu nome do próprio Cristo – do Cristo executado durante o reinado do Imperador Tibério (14-37 D. C.), sob o procurador Pôncio Pilatos. Mas, fica aberta a questão se o próprio Tácito considerou esse evento como autêntico. O único fato concreto, a ser deduzido com segurança, é o da existência de uma comunidade cristã, em Roma, com tradições, em certos pontos concordantes com as descritas no Novo Testamento, nos tempos do Imperador Nero (54-68 D. C.), cuja perseguição aos cristãos motivou Tácito a escrever o comentário em apreço.

Mas, há controvérsias:

Os estudiosos apontam várias razões para se suspeitar de que este trecho não seja de Tácito nem de registros romanos, e sim uma inserção posterior na obra de Tácito:

1.   A referência a Pilatos como procurador seria apropriada na época de Tácito, mas, na época de Pilatos, o título correto era “prefeito”.

2.   Se Tácito escreveu este trecho no início do segundo século, por que os Pais da Igreja, como Tertuliano, Clemente, Orígenes e até Eusébio, que tanto procuraram por provas da historicidade de Jesus, não o citam?


3.   Tácito só passa a ser citado por escritores cristãos a partir do século 15.

O que é claro e indiscutível é que um período de 80 a 100 anos sem nenhum registro histórico confiável, depois de fatos de tal magnitude, é longo o bastante para levantar suspeitas. Além do mais, é insuficiente citar três relatos tão curtos e tão pouco informativos para provar que existiu um messias judeu milagreiro chamado Jesus que seria Deus em forma humana, foi crucificado e ressuscitou.

Anais de Tácito:

Falam dos seguidores de Crestus, líder dos essênios, crucificado por Pilatos por lutar contra Roma. Vou citar o trecho:



"... para acabar com os rumores, Nero acusou falsamente as pessoas comumente chamadas de cristãs, que eram odiadas por suas atrocidades, e as puniu com as mais terríveis torturas."


- Por suas atrocidades?
  
Os cristãos eram mansos, ou deviam ser se seguissem os ensinamentos de Jesus. Aqui trata-se dos seguidores de Crestus, que realmente eram contra Roma.


Levando-se em conta que Tácito era letrado ele jamais se enganaria quanto as denominações Cristo e Crestus,  logo é clara a falsificação por parte da Igreja.


Aliás, Plínio, Tácito e Suetônio chamaram a crença cristã de superstição, o equivalente a dizer que era algo sem fundamento; uma invencionice. 

O Livro de Tácito.


“...Consequentemente, para se livrar do relatório, Nero colocou a culpa e infligiu as mais requintadas torturas em uma classe odiada por suas abominações, chamada cristão pelo populacho.

Cristus de quem o nome teve sua origem, nosso procurador, Pontius Pilatus, é uma superstição maligna, assim, marcada para o momento, mais uma vez quebrou-se na Judéia, a primeira fonte do mal, mas mesmo em Roma, onde todas as coisas horríveis e vergonhosas de todas as partes do mundo encontram o seu centro e se torna popular.

Assim, a prisão foi o primeiro feito de tudo que se declarou culpado, então, sobre suas informações, uma imensa multidão foi condenada, não tanto pelo crime de incendiar a cidade, como de ódio contra a humanidade.

Zombaria de todo tipo foi adicionada às suas mortes. Coberto com peles de animais, eles foram rasgados por cães e pereceram, ou foram pregados a cruzes, ou foram condenados às chamas e queimados, para servir como iluminação noturna, quando o dia tinha expirado.

SABER MAIS:

ANAIS - TÁCITO



É muito comum nos fóruns onde se debate o Cristianismo, os apologistas citarem como prova da existência de Jesus, livros e documentos ou outras composições literárias produzida por pessoas intelectuais da época. Muitos dos debatedores nunca leram nada a respeito da autoridade que eles apresentam como testemunha do fato, e por isso tornam-se ridículos.

Se Jesus Cristo realmente tivesse existido, a Igreja não teria necessidade de falsificar os escritos desses escritores e historiadores. Haveria, certamente, farta e autêntica documentação a seu respeito, detalhando sua vida, suas obras, seus ensinamentos e sua morte. Aqueles que o omitiram, se tivesse de fato existido, teria sido por eles abundantemente falado. Os mínimos detalhes de sua maravilhosa vida, seriam objeto de vasta explanação.


A Encyclopedia Britannica afirma que os cristãos distorceram os fatos ao enxertar o trecho sobre Jesus. Isto é verdade?

Eusébio (265-339 d.C.), reconhecido como o “Pai da história da Igreja” e nomeado supervisor da doutrina pelo imperador Constantino, escreve em seu “Preparação do evangelho”, ainda hoje publicado por editoras cristãs como a Baker House, que

 “as vezes é necessário mentir para beneficiar aqueles que requerem tal tratamento”.

Eusébio, um dos cristãos que mais influenciou a história da Igreja, aprovou a fraude como meio de promover o cristianismo! A probabilidade de o cristianismo de Constantino ser uma fraude está diretamente relacionada a desesperada necessidade de encontrar evidências a favor da historicidade de Jesus. Sem o suposto testemunho de Tácito, não resta nenhuma evidência confiável de origem não cristã.

O Apóstolo Paulo incentiva os cristãos a mentir

"Que Cristo seja anunciado de toda a maneira, ou com FINGIMENTO ou em verdade."[Fil 1:18]

E mais

Romanos 3:

7 Mas, se pela minha mentira abundou mais a verdade de Deus para glória sua, por que sou eu ainda julgado também como pecador?

QUESTÃO DE LÓGICA:


- Qual é a maior propagadora de Jesus: Igreja.


- A Igreja é uma instituição confiável que nunca fez nada que prejudicou a humanidade ? Não


- A Igreja Mente ? Mente! (A Igreja mente é corrupta, cruel e sem piedade. (Leonardo Boff) – Revista Caros Amigos Setembro de 1998.

- Temos provas históricas ou arqueológicas sobre Jesus ? Não.

- Como provar que a história de Jesus é verdadeira ? Não há como.

- O que difere o mito de Jesus do mito do Papai Noel ? nada!

Bom...há uma diferença .. o Papai Noel não condena ao sofrimento eterno quem desacredita dele.


SABER MAIS
FLAVIUS JOSEPHUS
SUETÔNIO
PUBLIUS LENTULUS
PLÍNIO, O JOVEM
FILON DE ALEXANDRIA
JUSTO DE TIBERÍADES

Recomenda-se a leitura dos livros e sites quando indicados como fontes. Os posts contidos neste blogger são pequenos apontamentos de estudos. 



48 comentários:

  1. Uma das dificuldades é que o Deus encarnado era completamente analfabeto. Não deixou uma palavra escrita. E, como tal, escolheu para o seu ministério 12 apóstolos igualmente analfabetos que nada escreveram, por esta deficiência cultural. Mas estas qualidades eram essenciais para encontrar judeus que nada sabiam das escrituras para acreditarem que aquele analfabeto mágico era o Messias e que ele estava cumprindo as mesmas. Razão pela qual os judeus mesmo nunca aceitaram ele como Messias, mas apenas o gentius com inveja de não terem sido escolhidos pelo Deus dos Judeus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só pra salientar, o autor do evangelho de Lucas era médico. Abraços fraternos.

      Excluir
    2. Emmanuel, durante o estudo que empreendi sobre o Cristianismo, nunca ninguém mencionou algum autor dos evangelhos. Ate mesmo a Igreja Católica Apostólica ROMANA, admitia antes da realização do Concílio Vaticano II, desconhecer a autoria dos quatro escritores do evangelho de Cristo. Se por acaso surgiu algum fato novo que eu desconheça, por favor poste aqui o autor do Livro atribuído a Lucas.

      Excluir
    3. Não seria Jesus considerado analfabeto por vocês visto que ele não usa tinta e nem a superfície esperada por vós? "Porque já é manifesto que vós sois a carta de Cristo, ministrada por nós, e escrita, não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas nas tábuas de carne do coração."
      2 Coríntios 3:3

      Excluir
    4. Lendo o comentário do mordaz sobre o texto fica fácil de entender o que postei . abraços!

      Excluir
    5. Esperei que você traduzisse para a linguagem popular o versículo citado. Não o fez, tudo bem.

      Abraços.

      Excluir
    6. A obra de Cristo se dá no interior de cada um de dentro pra fora, no espere nada que venha agradar ao seu intelecto ," A loucura de Deus é mais sábia do que os homens" 1cor 1 :25

      Excluir
    7. Meu caro Luiz
      Em nenhum parte do mundo o Cristianismo foi aceito pela sua mensagem contida no Novo Testamento. No antigo Império Romano, como bem registra Tácito, os cristãos eram odiados pelas suas atrocidades, eles costumavam queimar templos como fazem até hoje com os seguidores da umbanda, ou chutar santas como os bispos de Edir Macedo. A aceitação do Cristianismo no Império Romano se deu paulatinamente, a perseguição aos cristãos não foi ininterrupta, houve momentos de tréguas e de lutas, até que o imperador Constantino viu no cristianismo um motivo para unificar o império, publicando o edito de Milão e mais tarde o Imperador Teodósio publicou o Edito de Tessalônica, obrigando aos súditos, sob pena de morte, a converterem-se a nova religião.

      Tenha uma boa noite.

      Excluir
    8. Bom dia ! Homero , o relato exposto vai contra a mensagem de Cristo ,acho equivocada a sua crença no que foi a forma de vida da igreja primitiva.A nossa verdade é relativa cada um terá a sua . Paz de Cristo em sua vida!

      Excluir
    9. As verdades matemáticas são universais. Dois mais dois são quatro aqui na Paraíba ou Japão, Indonésia, Bolívia, Suécia, África do Sul, Marte, Venus, Urano, Via Láctea, etc. Por que as verdades religiosas não o são? Infiel aqui no Brasil é quem não acredita em Jesus como o único e suficiente salvador do mundo, no Iraque, por exemplo, é quem acredita.

      Excluir
    10. Não se espera que todos compreendam das verdades espirituais. Mas o que surpreende é essa necessidade e militância em negar nossa fé. Cremos no Senhor e Salvador Jesus Cristo e isso é suficiente pra negar outras coisas. Agora pessoas céticas que vivem pra tentar convencer outros de q esta crença é vã, é assustador.

      Excluir
    11. Assustador meu caro Mordaz, é a quantidade de vítimas que o Cristianismo fez durante estes dois mil anos, e continua a fazer, agora usando outras técnicas. Conheci duas pessoas que morreram depois de seguir em a orientação de seus pastores.

      Assustador meu caro Mordaz é ver pessoas acreditando nos milagres que acontecem nos shows de televisivos e rádios.

      Tire da igreja o milagroso, o sobrenatural, o incompreensível, o irracional, o impossível, o incognoscível, o absurdo, e nada mais que um vácuo permanece.

      Poderia escrever um livro sobre a sua argumentação, mas não vou repetir o que já escrevi neste blog por ser cansativo. Mas fica algumas dicas.

      Sofisma
      http://porquenaosoucristao.blogspot.com.br/2015/12/minha-crenca-e-minha-verdade.html

      http://porquenaosoucristao.blogspot.com.br/2015/09/quem-sao-os-ateus.html

      Excluir
    12. Eu recomendo que vocês leiam o livro de Bart D. Herman Historiador e, mesmo que não seja cristão, ele tem especialidade bíblica e prova que Jesus existiu, vejam bem, ele procura provar a existência do Jesus histórico, sem querer provar a parte mistica. Não vou entrar no assunto, pois isso fara com que vocês procurem buscar mais sobre o assunto. Mas na Wikipédia fala sobre isso, procure na parte Tácito e os Cristãos.

      Excluir
  2. O cara começa bem sua articulação, dai vem com essa interpretação de Fil 1.18 e Rm 3.7. PQP

    É só mais um ateu (insignificante) neste vasto universo de Deus.

    ResponderExcluir
  3. O importante caro Ronaldo Ac é fomentar a dúvida sobre a "verdade revelada". É a dúvida que leva o uso da razão e faz com que o conhecimento avance.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente. Mas caso queira suscitar dúvidas sobre algo, que seja com argumentos sólidos e com uma boa interpretação textual (a básica, não a usada na critica textual a qual a bíblia é submetida). Duvidar é importante, mas sempre levando em consideração todos os fatos e deixando de lado crenças ou achados.

      Excluir
    2. Pela sua escrita nos faz ver pelas entrelinha que você conhece todos os fatos. Em assim sendo, poderia você caro Ronaldo AC nos mostrar onde está a fragilidade do argumento?

      Eu não sou um ateu fundamentalista, portanto se seus argumentos forem relevantes a ponto de provar a existência de Jesus, estou pronto a aceitar o batismo na sua igreja.

      Ah! sim, eu não sou um ateu insignificante, 5 bilhões e 500 milhões de habitastes neste planeta Terra não creem no seu Deus. Neste universo você é minoria.

      Devolvo-lhe portanto o adjetivo.

      Excluir
    3. Me desculpe parecer ser ofensivo, eu li meu post e percebi que me expressei erroneamente.

      VOU SER LONGO, DESCULPE NOVAMENTE.

      Achei o início do seu post interessante, mas quando notei você fazendo aquela interpretação de um versículo ISOLADO da BÍBLIA INTEIRA, além do fato de você citar um historiador que vivia sob a autoridade de Nero, um cara que botava o terror, ou seja, é obvio que se este pregasse contra os cristãos, Tácito não iria fugir da opinião da massa nem de Nero, enfim.

      Bom, primeiro que 80 a 100 anos sem nenhum registro histórico supostamente confiável, na verdade é um tempo muito bom pra ser aceitável, tanto é que nem é questionado pelos principais eruditos. E vale ressaltar ainda que a igreja começou a se fundamentar, de verdade, após a década de 30 do primeiro século.

      Em seguida, está correto sobre Tácito, porém suas palavras são valiosíssimas, pois constituem um dos mais antigos testemunhos que chegaram até nossos dias do modo em que os pagãos viam os cristãos, mas vale ressaltar que ele teve APENAS UMA CITAÇÃO e VÁRIOS outros historiadores (não cristãos) citam o Cristo em suas obras. Mas segundo seu argumento Tácito não escreveu isso (é invenção), no entanto se excluírmos suas palavras a bíblia sofrerá qualquer perda ou alteração no entendimento, na história???

      A bíblia ainda é a maior fonte histórica sobre Jesus, pra que se perceba o tamanho da genuidade que se acredita ter a bíblia, é defendido que se várias obras famosas fossem submetidas as mesmas avaliações de autencidade, elas teriam muito mais motivos para serem tidas como duvidosas do que a biblía sagrada.

      Hoje, a existência de Jesus Cristo nem é mais objeto de estudo tamanha a aceitação. E, finalmente, para mim, não há valor no seu batismo, talvez Jesus se importe, tente falar com ele :D

      Não conheço dos fatos, sou apenas um curioso!!!

      Excluir
    4. Realmente você mostrou-se apenas como um curioso. Se a bíblia é prova inequívoca da existência de Jesus, os pergaminhos encontrados nas catacumbas dos faraós do Egito fazem prova do Deus Horus.

      Jesus se existiu nunca escreveu nada. Tudo que sabemos sobre Jesus foi escrito em Roma e não em Jerusalém, em grego e não em aramaico. São pelas literárias de autores desconhecidos, modificada várias vezes por diversos concílios convocados pelos Imperadores Romanos.

      Some-se a tudo isso o fato de Jesus não ser reconhecido na sua terra natal nem como homem nem como Deus.

      1 - Sobre a leitura isolada de versículos, a resposta está aqui "A Desculpa do Contexto".
      http://porquenaosoucristao.blogspot.com.br/2013/02/a-desculpa-do-contexto.html

      2 - O quê? o lapso temporal de silêncio total logo após a suposta ressurreição de Jesus, que passou 40 dias perambulando em Jerusalém não é questionado?

      Meu jovem a história do mito Jesus é questionada desde a sua geração no ventre da mãe até a sua ascensão aos céus.

      3 - É comum a falácia dos defensores de Jesus alegarem que outros historiadores não cristãos citaram Jesus. Iguaizinhos a você não citam nomes.

      4 - Sobre a Bíblia Sagrada, a resposta está aqui "A Bíblia e Repulsiva".

      http://porquenaosoucristao.blogspot.com.br/2011/06/a-biblia-e-repulsiva-ii.html

      5 - Você há de convir que repetir literalmente os artigos já comentados neste blogger não é nada produtivo, mas comprimindo ao mesmo tempo as teclas Ctrl+F, abrirá uma janelinha no canto superior direito da tela do monitor onde você poderá, querendo, digitar alguns assuntos para serem lidos no site, como exemplo, "Jesus nunca Existiu".

      OU

      Releia devagar e cuidadosamente a resposta que lhe foi dada em duas linhas no terceiro parágrafo do post anterior datado de 09 de setembro de 2015 e se puder, conteste os números.

      Acho que neste caso, vale a pena repetir para lhe contradizer - " Hoje, a existência de Jesus Cristo nem é mais objeto de estudo tamanha a aceitação."

      Ah! sim, eu não sou um ateu insignificante, 5 bilhões e 500 milhões de habitastes neste planeta Terra não creem no seu Deus. Neste universo você é minoria.

      ONDE ESTÁ A "TAMANHA ACEITAÇÃO?"

      Tenha um bom dia.

      Ah! sim, eu não procuro falar com figuras mitológicas.

      Excluir
    5. É claro que os pergaminhos encontrados nas catacumbas tem uma série de outros documentos que concordam com seu teor tal qual a bíblia né?

      E vem cá, qual a necessidade de Jesus escrever ou o que te garante que ele não sabia escrever? Com base em que você afirma isso? O fato de Jesus não ser supostamente reconhecido em sua terra natal se dá unicamente pelo fato dos Judeus não o aceitarem como sendo o messias prometido. E isso é só mais uma confirmação que houve um Jesus.

      1- É sério mesmo? E olha que vi o vídeo pacientemente. As críticas parece de alguém que em um dado momento precisou de um milagre, não teve e ta frustado. FALA SÉRIO.

      2- Que silêncio? Quem falou em silêncio? Vários escritos fazem menção dos ocorridos após a ressurreição de Jesus, leia as cartas paulinas. Hoje discute-se tais milagres não a existência de Jesus.

      3- Segue: O próprio Tácito; Mara Bar-Serapion; Plínio; O imperador Trajano; Luciano de Samosata; Suetônio; Talo (citado por Júlio Africano); Flegão; Justino, o mártir(após Jesus, se converteu ao cristianismo(OOO GLÓRIA)); Tertuliano (esse é um dos que nos alerta que nosso povo já estava entre os principais assuntos da época -RENSGA); Públio Lêntulo carta ao senado romano (esse realmente é duvidoso); PÔNCIO PILATOS; Abgar V de Edessa; Eusébio de Cesareia; e o maior historiador Judeu FLÁVIO JOSEFO.
      Quem já nasce pra ser incrédulo, vai duvidar de todas as provas encontradas e dizer que tudo foi modificado mesmo e apegar aos seus achismos mesmo, NORMAL (mas nenhum argumento apoiado em base histórica e cientifica).

      4- Quem fez a tirinha está redondamente enganado, coitado. Não dei conta de ler o post todo kkkkkkkkk coisa de criança mimada. Crente e servo do Senhor dos Exércitos ama os homossexuais mas abomina suas práticas, e é isso que a bíblia ensina (passe a ler ela).

      5- Meu querido, com toda sinceridade que há em mim, não há razão pra reproduzir o que você escreveu, de verdade. Pode apontar pra que eu possa entender onde, supostamente, dei uma de copista?

      Se eu modificasse a frase: "Hoje, a existência de Jesus Cristo nem é mais objeto de estudo tamanha a aceitação." para "Hoje, a existência de Jesus Cristo nem é mais objeto de estudo tamanha a aceitação DOS ESTUDIOSOS/ERUDITOS/CURIOSOS tanto faz. " achei que deixaria a frase mal redigida, desculpe, tentarei ser mais didático pra você poder entender.

      Sinceramente não me importo com os ateus de verdade, cada macaco no seu galho, deixa eu no meu. Mas, qual é mesmo a fonte destes dados de 5 bilhões de descrentes?
      Sobre a descendência de Jesus, permita-me compartilhar um post:
      http://www.respondi.com.br/2008/04/se-jesus-nao-era-filho-de-jose-como-era.html

      Ah! Jesus deve ta muito triste sendo ignorado por vc. Não faça isso.

      Só mais uma coisa, quando a imagem do link abaixo na página do Pondé, lembrei de vc kk

      https://scontent-mia1-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xfa1/v/t1.0-9/11986592_392007930989753_6532168801523902564_n.png?oh=62ae888a73961b47fe64b8f27be0f6fa&oe=56782E27

      Excluir
    6. RONALDO AC - É claro que os pergaminhos encontrados nas catacumbas tem uma série de outros documentos que concordam com seu teor tal qual a bíblia né?
      Desconheço os pergaminhos encontrados em catacumbas. Pode me mandar um link a respeito do que se trata?

      RONALDO AC - E vem cá, qual a necessidade de Jesus escrever ou o que te garante que ele não sabia escrever? Com base em que você afirma isso? O fato de Jesus não ser supostamente reconhecido em sua terra natal se dá unicamente pelo fato dos Judeus não o aceitarem como sendo o messias prometido. E isso é só mais uma confirmação que houve um Jesus.

      Eu afirmei que tudo que sabemos de Jesus foi escrito por outras pessoas, que não sabemos nem que foi. Você subestima demais os judeus, hoje reconhecidamente o povo mais inteligente do mundo. O fato de alguém morrer, ressuscitar e passar 40 dias batendo pernas em Jerusalém não é um fato normal. Este fato por si só seria notado por todos os judeus e registrado em todos os anais da história.

      RONALDO AC - 2- Que silêncio? Quem falou em silêncio? Vários escritos fazem menção dos ocorridos após a ressurreição de Jesus, leia as cartas paulinas. Hoje discute-se tais milagres não a existência de Jesus.
      Em que pese a sua afirmação, as cartas paulinas fazem parte do Novo Testamento, O Jesus de quem Paulo fala é outro diferente do Jesus descrito nos Evangelhos. Há sim um espaço de tempo considerável silencioso de 40 anos sem um único escritor falar de Jesus, inclusive Paulo.

      RONALDO AC - 3- Segue: O próprio Tácito; Mara Bar-Serapion; Plínio; O imperador Trajano; Luciano de Samosata; Suetônio; Talo (citado por Júlio Africano); Flegão; Justino, o mártir(após Jesus, se converteu ao cristianismo(OOO GLÓRIA)); Tertuliano (esse é um dos que nos alerta que nosso povo já estava entre os principais assuntos da época -RENSGA); Públio Lêntulo carta ao senado romano (esse realmente é duvidoso); PÔNCIO PILATOS; Abgar V de Edessa; Eusébio de Cesareia; e o maior historiador Judeu FLÁVIO JOSEFO.
      Quem já nasce pra ser incrédulo, vai duvidar de todas as provas encontradas e dizer que tudo foi modificado mesmo e apegar aos seus achismos mesmo, NORMAL (mas nenhum argumento apoiado em base histórica e cientifica).
      Você está de brincadeira em afirmar que Tácito faz prova da existência de Jesus. Basta subir o texto e reler novamente, bem devagarzinho.
      Sobre Mara Bar-Serapion, Trajano, Luciano, Talo, Flegão, Justino, Tertuliano, Poncio Pilatos mande-me por favor o link para engrandecer minha pesquisa.
      Sobre Plínio você encontra aqui:
      http://porquenaosoucristao.blogspot.com.br/2013/04/plinio-o-jovem.html
      Sobre Suetônio você encontra aqui:
      http://porquenaosoucristao.blogspot.com.br/2013/04/suetonio.html

      Sobre Públio você encontra aqui
      http://porquenaosoucristao.blogspot.com.br/search/label/Jesus%20por%20Publios%20Lentulus

      Sobre Eusébio Leia aqui
      http://porquenaosoucristao.blogspot.com.br/search/label/Discurso%20de%20Eus%C3%A9bio

      Sobre Flávio Josefo leia aqui:
      http://porquenaosoucristao.blogspot.com.br/2013/04/flavius-josephus.html

      * Eu não nasci incrédulo, engano seu. Aliás ninguém nasce acreditando ou desacreditando em algo. Se você tivesse nascido aqui no Brasil em 1320, você não era cristão. Seria muçulmano se tivesse nascido no Afeganistão.

      A imprensa internacional
      21 de outubro de 2002

      Um estudioso de hebraico disse ter descoberto a primeira evidência arqueológica da existência de Jesus
      http://porquenaosoucristao.blogspot.com.br/2013/06/o-ossuario-de-tiago-filho-de-jose-irmao.html








      Excluir
    7. RONALDO AC - 4- Quem fez a tirinha está redondamente enganado, coitado. Não dei conta de ler o post todo kkkkkkkkk coisa de criança mimada. Crente e servo do Senhor dos Exércitos ama os homossexuais mas abomina suas práticas, e é isso que a bíblia ensina (passe a ler ela).

      DEMONSTROU DESCONHECIMENTO sobre a Bíblia. A bíblia não só proíbe o homossexualismo, mas manda matar, salvo no caso do amor de Davi por Jonatã
      - MATE o homem que se deitar com outro – (Levítico 20:13 e Deuteronômio 17:2)
      http://porquenaosoucristao.blogspot.com.br/2013/01/a-historia-do-rei-davi-homem-apoderado.html

      RONALDO AC - 5- Meu querido, com toda sinceridade que há em mim, não há razão pra reproduzir o que você escreveu, de verdade. Pode apontar pra que eu possa entender onde, supostamente, dei uma de copista?
      Não consegui entender, não o chamei de copista, nem tampouco insinuei isso.

      Sobre a estatística de 5 bilhões e 500 milhões de pessoas descrentes em Jesus é muito fácil, desde que se use o raciocínio lógico e correto. A Terra tem hoje 7 bilhões de habitantes, e apenas 1,5 bilhões são cristãos.
      Eu não me incomodo de ser incomodado por cristãos, principalmente aqueles cristãos que nunca leram a bíblia e o que sabem sobre ela é apenas através do pastor. Você faz parte desse universo.

      Seja sempre bem vindo.

      Excluir
  4. Parabéns pelo blog!!! Fonte inesgotável de conhecimento!
    Usar Levítico 20:13 e Deuteronômio 17:2 pra mostrar que o rapaz não conhece nem o livro que defende foi toque de mestre! hehehe

    ResponderExcluir
  5. Meu Deus!!!!! Temos muito trabalho....até que todos possam entender sobre a vida, sobre o amor, o bem....., mas, Jesus Cristo está disposto em levar a salvação à todos, através do seu Amor. Meu caro irmão Homero, permita que Jesus o toque, você endureceu o seu coração e nem notou, mas Jesus pode restaurá-lo!
    Nós te amamos!!!! Jesus te ama!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos ver se eu entendi:

      Se eu fizer tudo aquilo que os pastores dizem que eu deva fazer para alcançar o reino dos céus, eu estarei salvo da danação eterna, porque Jesus é a pura bondade, clemente e misericordioso. Do contrário irei para o inferno, lugar criado pelo próprio Jesus para jogar lá dentro, todos aqueles que não creem, (cerca de 5,5 bilhões) por toda a eternidade, sem nenhuma chance de remissão.

      É isso, ou estou enganado como estava o faraó do Egito, cujo coração fora por Javé endurecido e com isso milhares de pessoas inocentes foram mortas para honra e glória do Senhor?

      Excluir
    2. Boa Noite. Muita coisa do o senhor escreve está certo se se basear no comportamento do cristianismo conforme sabemos da sua historia a partir do momento em que se instalou a apostasia. Tudo ficou distorcido a partir da apostasia e de quando o estado ou imperio Romano se apossou do cristianismo, e igreja daquele tempo passou a absorver todos os ensinos contrários às escrituras. Percebi em todo o seu texto e também nos comentarios algumas verdades mas principalmente distorções que PODEM TER SIDO tendenciosas ou apenas falta de conhecimento exato. Se assumirmos que o senhor é leigo ou expert, faz diferença.
      Ao citar Filipenses 1:18 e ao citar Romanos 3:7 por exemplo, se assumirmos que é leigo ou principiante nas escrituras podemos dizer que tirou sua interpretação porque se fixou apenas no texto em tela. Mas se assumirmos que o senhor é um expert ou esperiente no estudo da biblia poderemos dizer que o senhor foi tendencioso e desonesto ao omitir o significado dos textos citados.

      Ao dizer que a citação de cristo por Tácito é suspeita porque outros pais da igreja procuravam provas da existencia de cristo não citaram Tácito. Em algum ponto aqui de suas respostas aos seus leitores o senhor menciona Tácito. Ora se o senhor tem duvidas sobre a fidedignidade dos escritos dele não deveria citá-lo.aliás que garantia temos de que o próprio Tácito, Plinio, Flavio Josefo, Nero, Poncio Pilatus, Tibério cesar, Suetonio, Platão, Heródoto e outros existiram?
      Outra coisa. Ao dizer aqui que " Se eu fizer tudo aquilo que os pastores dizem que eu deva fazer para alcançar o reino dos céus, eu estarei salvo da danação eterna, porque Jesus é a pura bondade, clemente e misericordioso. Do contrário irei para o inferno, lugar criado pelo próprio Jesus para jogar lá dentro, todos aqueles que não creem, (cerca de 5,5 bilhões) por toda a eternidade, sem nenhuma chance de remissão.

      É isso, ou estou enganado como estava o faraó do Egito, cujo coração fora por Javé endurecido e com isso milhares de pessoas inocentes foram mortas para honra e glória do Senhor?"
      Mostra mais uma vez que é ou leigo ou tendencioso. Pois embora as igrejas da cristandade ensinem a doutrina do inferno de fogo, a BIBLIA NÃO ENSINA ISTO. está tudo errado nos ensinos da cristandade. O senhor está totalmente certo quando se refere as mazelas do cristianismo, na atuação das religiões que levam este título. Mas estas religiões NÃO REPRESENTAM A CRISTO NEM À BIBLIA. Quem tem um conhecimento da biblia saberá entender porque. O papa não representa a biblia, a igreja romana não representa a biblia, as igrejas protestantes e ortodoxas também não representam nem a biblia nem a cristo. E por ultimo: mais uma vez está errado a interpretação onde diz que Javé endureceu o coração do Faraó para causar a morte de inocentes. Mais uma vez ouve desconhecimento da narrativa como um todo, por fixar a atenção em apenas um texto. E finalmente respondendo a um outro internauta que disse que os escritores da biblia era analfabetos, eu perguntaria a ele o seguinte: Analfabeto escreve? Ele os conhecia pessoalmente para testificar sua ignorancia escolar? Até onde eu sei sobre a autoria de alguns livros da biblia é que NÃO se tem certeza da autoria de ALGUNS dos livros nem do lugar exato onde foram escritos.
      Por outro lado quem hoje pode PROVAR que não foram eles?

      Excluir
    3. Obrigado Paulo Ferreira pela sua colaboração.

      Excluir
  6. Homero, boa noite!!!
    Em uma resposta ao Ronaldo Ac, você pediu à ele que te desse provas sobre a existência de Jesus, assim, você se batizaria na Igreja dele. Correto?
    Eu sou Cristão e tive minha vida totalmente mudada após ter aceitado Jesus como meu Senhor e Salvador.
    Prove a inexistência do Meu Deus. Prove a inexistência do Poder de Jesus Cristo na minha vida e na vida de muitos irmãos através da Fé.
    Uma ótima noite.
    A Paz do Senhor.

    ResponderExcluir
  7. Homero, boa noite!!!
    Em uma resposta ao Ronaldo Ac, você pediu à ele que te desse provas sobre a existência de Jesus, assim, você se batizaria na Igreja dele. Correto?
    Eu sou Cristão e tive minha vida totalmente mudada após ter aceitado Jesus como meu Senhor e Salvador.
    Prove a inexistência do Meu Deus. Prove a inexistência do Poder de Jesus Cristo na minha vida e na vida de muitos irmãos através da Fé.
    Uma ótima noite.
    A Paz do Senhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu caro Bruno Freitas, a fé não dá respostas, ela apenas impede as perguntas.

      Quer saber mais:
      http://porquenaosoucristao.blogspot.com.br/2013/05/fe-uma-persuasao-intima-inerente.html

      Obrigado pela participação.

      Excluir
    2. Querido Homero, desculpe a minha ignorância diante de tamanha inteligência. Desculpa. Acho que a minha forma de expressar foi errônea. Ou foi o querido leitor desatento, simplista e egoísta, que responde o que lhe cabe responder e não o que lhe é perguntado. Mas eu volto a explicar de uma outra maneira, para que o querido leitor, talvez responda o que eu realmente estou perguntando.
      Querido que me explique às obras feita na minha vida através da minha Fé em Cristo Jesus. Tudo aquilo que atribuo a Jesus Cristo, que através de orações, Ele me concede. Testemunhos de milhares e milhares de pessoas que mudaram de vida, sempre para melhor é claro, através de Jesus Cristo.
      Responda-me sobre as obras e não a Fé.
      Entendeu?
      Obrigado querido Irmão.
      A Paz do Senhor.

      Excluir
    3. Bruno, estou me achando um verdadeiro analfabeto funcional. Você está me pedindo para que eu explique sua fé e alguns milagres que supostamente aconteceram na sua vida?

      É isso?

      Você quer que eu refute possíveis curas milagrosas supostamente ocorridas em uma pessoa que não conheço, nunca vi?

      Por acaso não sabe você que o ônus da prova cabe a quem faz a alegação?

      Mas nem tudo está perdido, considere-se um brasileiro milionário nesses tempos tumultuados pelas sucessivas crises financeira em que passamos.

      Realmente você é um brasileiro de sorte, se é que você é brasileiro.

      Para você que têm certeza e principalmente a prova de curas milagrosas, James Rendi oferece um prêmio de 1 milhão de dólares. Cerca de R$ 3.150.000,00.

      Quem é esse louco?

      Para maiores informações sobre o Desafio de James Randi escreva para
      JREF
      201 S.E. 12th St (E. Davie Blvd)
      Fort Lauderdale, FL 33316-1815
      U.S.A.

      http://brazil.skepdic.com/randi.html

      http://www.randi.org/


      James Randi
      http://www.geocities.com/mpennafort/randi.html

      http://www.sindioses.org/randi/randi20030725_pt.html


      James Randi tem um representante no Brasil, é o mágico/ilusionista Thiago conhecido como "Khronnus, O Mago". Esse cara sabe todos os truques e técnicas de mágica/ilusionismo, etc. Ele ganha a vida como mágico e já apareceu até no fantástico demonstrando uns truques usados por charlatães.

      Todos que quiserem fazer o desafio de 1 milhão de dólares, no Brasil, devem entrar em contato com ele.

      www.omago.com.br

      Não perca essa oportunidade.

      Boa Sorte

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    5. Querido Homero, me desculpe mais uma vez a minha ignorância diante de tamanho entendimento. Mas o querido leitor desatento, simplista e egoísta, que responde o que lhe cabe responder e não o que lhe é perguntado, entrou em cena novamente. Eu realmente só gostaria de saber, "A SUA OPINIÃO", à mudança de vida de milhares de pessoas através da conversão a Jesus Cristo. Mas não há mais importância, querido Homero, pois já vi que o analfabetismo funcional (mente fechada) não lhe deixa responder.
      Então fico por aqui.
      A Paz do Senhor.

      Excluir
    6. Caro Bruno, a sua linguagem, por si só identifica você como um cristão. Os posts anteriores aos seus escritos por cristãos indignados com o blog usam o mesmo vocabulário, é só voltar e conferir. O seu Mestre não faria diferente, tratava os que pensavam diferente dele de sepulcros caiados, serpentes, raça de víboras, hipócritas, filhos do inferno espalhando o ódio sobre todos, com nítida aversão aos fariseus.

      As suas acusações não procedem Bruno.

      Você vem mudando as perguntas caro Bruno.

      Releia o que você disse no primeiro post:

      (...)Prove a inexistência do Meu Deus. Prove a inexistência do Poder de Jesus Cristo na minha vida e na vida de muitos irmãos através da Fé.(...)

      Você muda a pergunta no post seguinte veja:

      (...)Querido que me explique às obras feita na minha vida através da minha Fé em Cristo Jesus. Tudo aquilo que atribuo a Jesus Cristo, que através de orações, Ele me concede. (...)

      E por último você muda o foco da sua conversa pela terceira vez, pedindo a opinião de um ateu sobre a mudança de vida não em sua pessoa, mas em milhares de pessoas que você afirma terem sidas ocasionadas por Jesus.

      Paz é quando opiniões diferentes vivem lado a lado.



      Excluir
  8. É fácil negar a existência de Jesus Cristo agora; você cheio de saúde e disposição ! Porém, quando você estiver diante do Trono Divino e Vê-lo assentado ali para julgar tuas calúnias tu desejarás nunca ter existido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Julimar Freitas, você parte de uma suposição que o seu Deus é verdadeiro e os milhares de Deuses, que igualmente ao seu, foram criados pelo homem são falsos.

      Você não se dá contra que há milhares de controvérsias dentro da sua própria religião, portanto vocês cristãos que são minorias neste planeta chamado terra, e supondo igualmente como você acabou de supor, que eu vou pedir clemência no Trono Divino, lembre-se de que o Diabo é o Rei da Mentira e que você poderá está enganado.

      Imagine você encontrar Allah no lugar de Jesus?

      É que os mulçumanos tem os mesmos motivos para crer no Deus dele, tal como você os tem para acreditar em Jesus.

      Vou deixar esse link para você, querendo, ler e meditar um pouco a respeito.

      http://porquenaosoucristao.blogspot.com.br/2013/05/jesus-e-deuses-afins.html

      Excluir
  9. Boa tarde Homero, achei interessante seu blog.
    Sou universitário, concluindo meu curso em História.
    Gostaria de saber qual linha historiográfica você utiliza para estruturar seus argumentos, leva em consideração outras ciências como sociologia, antropologia, teologia?
    Quais são as obras básicas que você leu para trabalhar sua justificativa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Anônimo
      Este blog nasceu da necessidade de guardar argumentos que rechaçasse a ideia de Deus e combater os argumentos cristãos no antigo Orkut, muitos administradores de fóruns apagavam meus posts, e todo meu trabalho ia de água a baixo. Nasceu com essa pretensão e só.
      Abraços

      Excluir
  10. os cristãos eram chamados de chrestianos

    ResponderExcluir
  11. Só mais um tirando os versículos do contexto para induzir as pessoas que o evangelho é falso kkkkk Caracas, os Cristãos da época que mudaram os escritos de Tacito foram meio que incompotentes em seus trabalhos se o objetivo era induzir as pessoas a crerem no evangelho, citando que eram odiados por suas atrocidades, ta "sertu". Nosso calendário é dividido antes de Cristo e depois de Cristo, a maioria das festas são referentes à Cristo, estranho, acho que Cristo não existiu mesmo, quem sabe estamos sendo enganados à 2017 anos, uma mentira duradoura essa de Cristo! kkkkk Deus abençoe cara!

    ResponderExcluir
  12. Só mais um tirando os versículos do contexto para induzir as pessoas que o evangelho é falso kkkkk Caracas, os Cristãos da época que mudaram os escritos de Tacito foram meio que incompotentes em seus trabalhos se o objetivo era induzir as pessoas a crerem no evangelho, citando que eram odiados por suas atrocidades, ta "sertu". Nosso calendário é dividido antes de Cristo e depois de Cristo, a maioria das festas são referentes à Cristo, estranho, acho que Cristo não existiu mesmo, quem sabe estamos sendo enganados à 2017 anos, uma mentira duradoura essa de Cristo! kkkkk Deus abençoe cara!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Bruno, a resposta está aqui:

      - O problema do contexto
      https://porquenaosoucristao.blogspot.com.br/2013/02/a-desculpa-do-contexto.html
      - Jesus Cristo Nunca Existiu
      https://porquenaosoucristao.blogspot.com.br/2013/06/jesus-cristo-nunca-existiu.html


      Excluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Nunca vi tanta baboseira em um texto só!
    Para afirmar sua descrença e seu anafalbetismo religioso, o nobre amigo, até com um certo toque de conhecimento histórico, talvez pesquisas feita na net, tenta desacreditar as pessoas de algo que é impossível de deixar-se de acreditar - A existência de Cristo e do Cristianismo.
    Pego uma de suas últimas falas para fechar meu comentário para lhe mostrar sua lastimável e maldosa colocação, mencionando que o Apóstolo Paulo incentiva os cristãos a mentir: "Que Cristo seja anunciado de toda a maneira, ou com FINGIMENTO ou em verdade."[Fil 1:18].
    Não é preciso ser um grande exegeta ou ter doutorado em Hermenêutica, basta apenas ter um conhecimento básico de linguística para entender que a idéia central que Paulo se referia era que se ele não podia impedir ou outros, que por inveja, pregavam em nome de Cristo, mesmo distorcendo algo, isso não seria ao final, relevante. Por que mesmo, que eles pregassem sem objetivo nobre, o nome Cristo estava sendo pregado e isso era inevitável. Talvez, como o mesmo serviço que você está fazendo agora.
    É como diz a própria escritura quando quando menciona a passagem dos discípulos clamando próximo a Jerusalém e os fariseus pedem a Jesus para dizer para eles se calarem - a resposta foi clara: "Digo-vos que, se estes se calarem, as próprias pedras clamarão."Lucas 19:40
    Que haja fruto nestas palavras, e que vc, que tem até certo conhecimento, ou vontade em conhecer a verdade, realmente conheça a VERDADE - Cristo, cordeiro de Deusque tira o pecado do mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já que você arguiu a falsidade dos fatos por mim apresentados, só me resta agradecer a sua participação deixando o julgamento a cargo dos leitores.

      Excluir