sábado, 4 de maio de 2013

UM CORNO CHAMADO OSÉIAS



Essa é uma história retirada da Bíblia onde um Deus casamenteiro (Javé) intermedeia uma aliança matrimonial entre um de seus seguidores (Oséias) com uma prostituta (Gômer).

Oséias é aquele personagem bíblico famoso, que supostamente havia profetizado a cerca de 800 anos a vinda de Jesus, no Reino do Norte (Israel).

É dito na Bíblia que Deus ordena a Oséias que se case com uma prostituta:


“Vai, toma para ti uma mulher que se entregue à prostituição e filhos da prostituição, porque o país se prostituiu, desviando-se do Senhor.”





Obediente a Deus, Oséias procura uma prostituta de nome Gômer e casa-se com ela, advindo desta união um filho que o Senhor o batizou com o nome de Jizreel, que significa Deus Espalha.




Então Gômer se prostituiu de vez. Ela concebeu mais duas vezes, tendo uma filha e outro filho, mas não com Oséias. A filha DEUS deu um nome de  Lo-Ruama que significa “não amada” e o filho DEUS, deu o nome de Lo-Ami; “não meu povo”.


Os atos da vida matrimonial, ou melhor dizendo, os chifres que ornamentaram a cabeça do profeta  são descritos em detalhes, no capítulo 2 do livro que leva o seu nome. Ele amou e ama uma mulher que responde a esse amor apenas com a traição.  De fato, através do livro transparece as dificuldades do relacionamento com sua esposa, que o trai e se separa dele, provocando em Oséias muita dor. Apesar disso ele não deixa de amá-la e, finalmente, aceita que volte à casa. 

Oséias, obedecendo a Deus, (que é dito justo e misericordioso) descarrega toda a sua ira em cima dos dois filhos que sua esposa Gômer pariu fora do casamento.

"Contendei com vossa mãe, contendei, porque ela não é minha mulher, e eu não sou seu marido; e desvie ela as suas prostituições da sua vista e os seus adultérios de entre os seus seios.

Para que eu não a despoje, ficando ela nua, e a ponha como no dia em que nasceu, e a faça como um deserto, e a torne como uma terra seca, e a mate à sede;

E não me compadeça de seus filhos, porque são filhos de prostituições.

Porque sua mãe se prostituiu; aquela que os concebeu houve-se torpemente, porque diz: Irei atrás de meus amantes, que me dão o meu pão e a minha água, a minha lã e o meu linho, o meu óleo e as minhas bebidas.

Portanto, eis que cercarei o teu caminho com espinhos; e levantarei um muro de sebe, para que ela não ache as suas veredas.

Ela irá atrás de seus amantes, mas não os alcançará; e buscá-los-á, mas não os achará; então dirá: Ir-me-ei, e tornar-me-ei a meu primeiro marido, porque melhor me ia então do que agora.

Ela, pois, não reconhece que eu lhe dei o grão, e o mosto, e o azeite, e que lhe multipliquei a prata e o ouro, que eles usaram para Baal.

Portanto tornarei a tirar o meu grão a seu tempo e o meu mosto no seu tempo determinado; e arrebatarei a minha lã e o meu linho, com que cobriam a sua nudez.

E agora descobrirei a sua vileza diante dos olhos dos seus amantes, e ninguém a livrará da minha mão.

E farei cessar todo o seu gozo, as suas festas, as suas luas novas, e os seus sábados, e todas as suas festividades.

E devastarei a sua vide e a sua figueira, de que ela diz: É esta a minha paga que me deram os meus amantes; eu, pois, farei delas um bosque, e as feras do campo as devorarão.

Castigá-la-ei pelos dias dos Baalins, nos quais lhes queimou incenso, e se adornou dos seus pendentes e das suas joias, e andou atrás de seus amantes, mas de mim se esqueceu.

Portanto, eis que eu a atrairei, e a levarei para o deserto, e lhe falarei ao coração.

E lhe darei as suas vinhas dali, e o vale de Acor, por porta de esperança; e ali cantará, como nos dias de sua mocidade, e como no dia em que subiu da terra do Egito.

E naquele dia, diz o Senhor, tu me chamarás: Meu marido; e não mais me chamarás: Meu senhor.

E desposar-te-ei comigo para sempre; desposar-te-ei comigo em justiça, e em juízo, e em benignidade, e em misericórdias.

E desposar-te-ei comigo em fidelidade, e conhecerás ao Senhor.

E ele lhe disse: Tu ficarás comigo muitos dias; não te prostituirás, nem serás de outro homem; assim também eu esperarei por ti."


Bom, só posso dizer o que a Bíblia me diz. Certamente os Cristãos que se arvoram deter o profundo conhecimento da Bíblia, inclusive o Papa Chico que afirmou publicamente que só a Igreja Católica Apostólica ROMANA é capaz de interpretar a Bíblia, tenham outra versão diferente para o fato.

CORNO - Diz-se do indivíduo que sabe ser traído pela mulher com quem é casado e permanece com ela aceitando com naturalidade o comportamento adúltero da esposa.

SABER MAIS
O QUE SUBSTITUI A BÍBLIA COMO UM GUIA MORAL?
UM OUTRO CORNO BÍBLICO - ABRAÃO
Um amor homossexual: Davi e Jonatã

3 comentários:

  1. Na Iliada, Odisseia e outros livros, vc tem relatados apenas atos heroicos, e não ha defeitos nos personagens. Na Biblia, vc tem os defeitos claros e pecados dos personagens, porque eh visto do ponto de vista de alguém pra quem segredos não existe, Deus. Dai esses pecados abertos, e quem eh sábio aprende as licoes. Existir pecados e corrupção entre os professos cristão não exime de forma alguma a existência de Deus. O máximo que vc pode concluir eh que Deus ve e revela os pecados, os expondo.

    ResponderExcluir
  2. Meu caro Carlos Brossa
    Seja bem vindo.

    No artigo ou página comentada por você no blog "Por Que Não Sou Cristão", não tem a intenção de provar a inexistência de Deus, mas alertar para as pessoas que não leem a bíblia, apenas escuta a versão do clérigo, de que a bíblia NÃO é a palavra de Deus e que os ensinamentos nelas contidos longe está de ser uma orientação ÉTICA E MORAL

    Uma outra visão da bíblia, em termos gerais, pode ser lida neste link.

    A BÍBLIA É REPULSIVA II

    http://porquenaosoucristao.blogspot.com.br/2011/06/a-biblia-e-repulsiva-ii.html

    ResponderExcluir
  3. Meu caro amigo, a história de Oséias é uma narrativa usada pra comparar o amor de Deus por nós, um amor que não se esgota e é capaz de nos perdoar e acolher a cada volta. Então, a figura do profeta seria Deus, fiel e amoroso enquanto a da mulher infiel somos cada um de nós, com nossas fraquezas e desvios da vontade de Deus.

    ResponderExcluir