segunda-feira, 15 de abril de 2013

Quantas crianças teriam sido mortas por Herodes na época do nascimento de Cristo?

Giotto di Bondone (ca 1267-1337) 'Massacre dos inocentes' (S. Mateus, II, 16-18)-fresco-ca 1310 Assisi-Basilica di San Farancesco


Cerca de 20. Se você não entendeu a pergunta, não sabe quem foi Herodes e por que ele teria matado 20 crianças inocentes, aí vai uma explicação.

 Herodes era o governador da Judéia na época em que Jesus Cristo teria nascido. Ao receber a notícia de que o Messias teria vindo ao mundo na cidade de Belém, Herodes preferiu cortar o problema pela raiz antes que o tal salvador de fato se transformasse em um problema para ele.

Foi então que ordenou que seus guardas matassem todos os meninos com menos de 2 anos que encontrassem na cidade de Belém e nos seus arredores. Claro que ninguém tem certeza de que isso realmente aconteceu, da mesma forma que não se tem certeza sobre os feitos de Jesus Cristo na Terra. De qualquer forma, supondo que o massacre dos bebês tenha acontecido, alguns historiadores tentam calcular qual seria a dimensão desse crime.

O americano Raymond Brown, autor do livro O Nascimento do Messias, estima que a vila de Belém tinha cerca de mil habitantes na época e cerca de 20 se enquadravam nas características do menino Jesus, que, graças a um anjo, escapou da degola.

Durante um sonho, o tal anjo cantou a bola para José, que, sem perder tempo, pegou sua esposa Maria e o menino Jesus e se mandou para o Egito.

É difícil estimar qual seria a dimensão desse infanticídio hoje, mas se considerarmos a população atual da cidade de Belém, podemos fazer uma projeção. Dois milênios depois do nascimento de Jesus, a cidade continua com ares de vila, com 27 mil habitantes. Portanto, é provável que o número de meninos menores de 2 anos não chegue a 500 (considerando a mesma proporção da época de Herodes).

Já seria uma chacina e tanto, mas o crime seria de fato catastrófico se considerássemos uma grande cidade como São Paulo, onde, segundo o último levantamento do IBGE, vivem 709 mil crianças com menos de 3 anos. Outro dado interessante: em 2003, segundo o Ministério da Saúde, 888 meninos com menos de 1 ano morreram na cidade de São Paulo, ou seja: em um ano, sem nenhuma catástrofe, morreram 44 vezes mais crianças do que na chacina de Herodes.


No caso da infância de Jesus, por exemplo, Marcos não diz nada. Mateus diz alguma coisa, enquanto Lucas, que não conheceu Jesus apresenta diversas informações.



A PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR:

"Por que os registros da administração de Herodes contêm tantos detalhes sem importância, mas nem mencionam a ordem para matar todos os meninos com menos de 2 anos?" 



Josefo foi capaz de saber que ocorreu um eclipse da Lua próximo à morte de Herodes Magno (cf. Antiguidades Judaicas, Livro XVII 06:04), porém nada soube de uma escuridão de três horas, um terremoto que fendeu pedras e rasgou o véu do templo e de santos mortos ressuscitando e invadindo a cidade justo durante a morte de um famoso pretenso Messias?! E isso tudo durante a páscoa, quando a cidade ficava abarrotada de gente!!!




E não apenas ele, ninguém mais, nem mesmo os cristãos, além de Mateus! 


Nenhum comentário:

Postar um comentário